Vinho Papale Linea Oro Primitivo di Manduria DOP 750ml

Vinho Papale Linea Oro Primitivo di Manduria DOP 750ml

Vinho Papale Linea Oro Primitivo di Manduria DOP 750ml

Um belo convite a uma degustação sem pressa, apenas com o desejo de apreciar o verdadeiro terroir da região de Puglia. Este rico e encorpado vinho ganha complexidade ao maturar em barricas de carvalho francês e americano durante 10 meses.

  • Importados
  • Tinto
  • Itália
  • Primitivo

-5%

R$ 192,65

Preço reduzido!

R$ 183,02

Pôr no carrinho


Pagamento no Boleto Bancário ou Transferência + 5% Off

Mais informações

A criteriosa seleção das uvas, o meticuloso controle no processo de vinificação e a constante busca no aperfeiçoamento das técnicas, criam o diferencial destes emblemáticos rótulos. Trata-se de um processo lento e constante que necessita da dedicação do viticultor e o sentido apurado do enólogo.

Visão: Coloração vermelho rubi.
Olfato: Aroma intenso com notas de ameixa, frutos do bosque e toques amadeirados.
Paladar: Em boca é um vinho estruturado e persistente.

Maturação em barricas: 10 meses de maturação em barricas de carvalho francês e americano
Harmonização: Codorna ao molho de vinho tinto, Polenta mole com ragu de cordeiro e Queijos de média intensidade
Envelhecimento em Cave: 6 meses
Temperatura de consumo: 16 - 18 °C
Teor alcoólico: 14% vol.

Região: Manduria - Provincia di Taranto - Puglia
Produtor: Varvaglione

Uva: Primitivo 100%

 

Um pouco mais sobre esse maravilhoso vinho:

Inicialmente, a vinícola Varvaglione, produtora deste vinho, escolheu o nome “Papale” como dedicatória à eleição do Papa Bento XIII, originário da Puglia, e o rótulo conta um pouco desta história.

O curioso é que em 2013 em Culver City, Califórnia, Michael Carpenter dono da loja de vinhos The Redd Collection recebeu um pedido do exterior, querendo que ele enviasse uns vinhos para Itália. O desconhecido cliente queria 115 garrafas do Primitivo di Manduria, "Papale".
Michael estranhou muito o pedido: enviar vinho italiano dos EUA para a Itália era algo que não fazia sentido, ainda mais que cada garrafa sairia pelo dobro do valor. Quando pergunta o endereço de entrega a resposta é “Cidade do Vaticano, escritório do Cardeal Secretário de Estado”.

O vinho é muito vendido no exterior, motivo pelo qual foi mais fácil achá-lo nos Estados Unidos do que na própria Itália. E por que não um vinho argentino como o atual Papa?
É que o pedido foi feito um dia antes da "fumaça branca", quando ainda ninguém sabia a nacionalidade do sucessor do Bento XVI, então se pensou que um vinho homenageando o País hóspede da Igreja e, ainda com nome papal agradaria de qualquer forma. Mas por qual motivo o cliente queria 115 garrafas? Porque o Conclave é formado por 115 cardeais
.

17 outras opções

Clientes que compraram este produto também compraram...